Home » Comunidade » Emprego

Emprego

O mercado de trabalho exige uma procura activa de emprego, veja aqui algumas dicas para uma melhor inserção no mercado de trabalho.

Onde Procurar Emprego

Existem várias formas de procurar emprego estas são algumas delas:

Para quem pretende criar a sua empresa, o Grupo ENSINUS | Lusófona instituiu o Projecto Empreendedor com a missão de promover, dinamizar e apoiar os seus alunos e diplomados na criação de empresas.

Dicas para uma melhor inserção no mercado de trabalho

  • Qual é o seu talento? Quais as suas competências?
  • Crie uma base de dados – É importante que, ao longo do curso, elabore uma base de dados com contactos e dados sobre as empresas onde poderá obter emprego. É importante que conheça bem a empresa onde pretende vir a trabalhar no futuro.
  • Elabore um Curriculum Vitae – Deve ser simples e organizado, de fácil leitura e conciso. O modelo europeu é a opção acertada. Se tiver foto, deverá ser tipo passe. O impacto da imagem que irá transmitir deverá ser profissional. Lembre-se que a foto deve transmitir uma imagem cuidada e sóbria. Numa candidatura a emprego não envie os anexos mencionados no Curriculum Vitae. Deverá levá-los consigo para a entrevista. Se estiver num curso na área das artes faça também um portfólio com os trabalhos realizados.
  • Escreva uma carta para acompanhar o seu Curriculum Vitae – É uma boa oportunidade para mostrar que conhece a empresa e porque deveria fazer parte dela. Em três ou quatro parágrafos sintetize alguns dados sobre si, expondo os motivos que o levaram a candidatar-se, acrescente referências e mostre-se disponível para um contacto.
  • Crie um endereço de e-mail. Este será o ponto de contacto com as empresas/instituições, pelo que deverá ser simples, coerente e formal. Por exemplo nome e apelido , não utilize nickname, uma vez que poderá não ter a interpretação desejada.

Nota

  • Carta de Apresentação (acompanha o CV)
  • Carta de Candidatura (carta de apresentação e CV resumido)
  • Carta de Candidatura Expontânea (acompanha o CV e oferece serviços)
  • Carta de Referência (anexo ao CV)
  • Prepare-se para os vários tipos de entrevista: Face a face; Entrevista de Painel; Entrevistas em Série; Entrevistas em Grupo – Conheça a empresa/conheça quem o vai entrevistar, seja pontual, apresente-se de forma cuidada e formal, seja simpático. O seu comportamento e atitude são o seu passaporte para o mercado de trabalho. A sua entrevista começa quando entra na empresa. Tudo é analisado e interpretado ao pormenor. Tente prever algumas questões: Porque é que se candidatou à função, motivação, remuneração pretendida. No final da entrevista avalie-se a si próprio, para melhorar os aspectos menos positivos.
  • A realização de estágios, trabalho nas férias, trabalho temporário é uma das principais formas de entrada no mercado de trabalho. É onde se pode adquirir alguma experiência que será posteriormente valorizada.
  • As empresas/instituições procuram pessoas flexíveis e criativas, que garantam disponibilidade de horários e de mobilidade geográfica.
  • Os candidatos a emprego têm que se fazer valer de outras competências para conseguir trilhar um percurso no mundo do trabalho. Exemplos: Bons conhecimentos ao nível das tecnologias da informação e línguas (Inglês, Francês, Espanhol…), entre outras, são fundamentais para se distinguir entre os outros candidatos.
  • A participação em programas europeus e internacionais (exemplo: ERASMUS, Leonardo da Vinci), pode igualmente ser factor diferenciador.
  • A participação em programas de estágios em organismos internacionais (i.e. OIT, ONU) é um valor acrescentar.
  • Deve evitar exigências remuneratórias, mostrar rigidez, ou exigir condições especiais. Numa entrevista de emprego são atitudes fatais!
  • Defina um targeting (definir um alvo) i.e. pensar no que pretende fazer em termos profissionais e o caminho para lá chegar.
  • Saiba “vender-se”- Estude bem o seu potencial e competências e prepare os argumentos que mais o valorizam, tendo em conta a função e a empresa a que se candidata. Seja honesto consigo e com a empresa. Não se faça valer por competências que não possui.
  • Participar em seminários, workshops, conferências, feiras de emprego, Summer Shcools, aumentará os seus conhecimentos e competências. Lembre-se que deverá guardar num arquivo bem organizado, todos os certificados de participação.
  • Diversas actividades como, a leitura, o voluntariado, a participação em organizações de diversas áreas, a prática de desportos, entre outros, são características que demonstram espírito de iniciativa e de equipa e dinamismo que podem fazer a distinção entre milhares de candidatos;

A verdade é que “não há nenhuma fórmula mágica”, mas está nas suas mãos reunir as condições para obter o emprego desejado”!

Formação ao Longo da Vida

A formação ao longo da vida é fundamental para a progressão na carreira e para a construção do seu futuro. O Curso de Licenciatura ou 1.º Ciclo, não é garantia de que se possa obter emprego, nem o emprego se deverá entender como sendo para toda a vida.

Aposte na sua formação

Divi WordPress Theme