Select Page

Estarão as nossas empresas mais sustentáveis com a implementação de um sistema de gestão integrado?

1 de Outubro, 2021

O contexto empresarial está a atravessar uma fase de transformação pela evolução digital, pelas alterações climáticas, pelas alterações de saúde dos trabalhadores, entre outras. Verifica-se que as empresas estão cada vez mais preocupadas com o hoje e com o futuro, adaptando-se e limitando o seu impacto ambiental.

O futuro construir-se-á com as empresas que estiverem mais bem preparadas e capazes de se adaptarem, em cada momento, às novas exigências. Somente essas vão sobreviver e prosperar. As empresas têm um papel crucial a desempenhar e em contribuir para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), propostos pela ONU (Organização das Nações Unidas).

Tendo como base os ODS, que representam as prioridades globais para a Agenda 2030 e que são uma visão comum para a Humanidade, como é que podemos enquadrar os mesmos na implementação de um Sistema de Gestão Integrado? Analisando-os ao nível do referencial ISO 9001, encontramos:

  1. Erradicar a pobreza;
  2. Saúde de qualidade;
  3. Educação para a qualidade;
  4. Trabalho digno e crescimento económico;
  5. Indústria, inovaçao e infraestruturas;
  6. Produção e consumos sustentavéis;
  7. Paz, justiça e instituições eficazes.

Com a implementação deste referencial, a organização poderá melhorar o seu desempenho, conciliando o fornecimento de produtos e serviços, para satisfazer as necessidades e expetativas dos clientes, e assegurando o cumprimento das exigências estatutárias e regulamentares. Desta forma qualquer organização fortalece as relações com os seus stakeholders, integrando o pensamento baseado no risco, antecipando-os e criando oportunidades, ascendendo a novos mercados, tornando-se mais competitivas e melhorando a imagem perante a sociedade.

Retomando os ODS, numa outra vertente, à luz do referencial ISO 14001, encontramos:

  1. Água potavél e saneamento;
  2. Energias renováveis e acessivéis;
  3. Indústria, inovaçao e infraestruturas;
  4. Reduzir as desigualdades;
  5. Cidades e comunidades sustentáveis;
  6. Produção e consumos sustentáveis;
  7. Ação climática;
  8. Proteger a vida marinha;
  9. Proteger a vida terrestre.

Com a implementação deste referencial, a organização incorpora as questões ambientais na gestão da organização, no sentido de reduzir o impacte ambiental das suas atividades como: as emissões gasosas, a minimização de efluentes, a redução da produção de resíduos, a redução do consumo de água, a redução do consumo de energia, entre outras. Apostando cada vez mais na inovação, no ciclo de vida dos produtos, no ecodesign, na economia circular, minimizando a pegada ecológica da organização e avaliando o seu desempenho ambiental.

Por fim, analisando os ODS, numa outra perspetiva, à luz do referencial ISO 45001, encontramos:

  1. Saúde de qualidade;
  2. Trabalho digno e crescimento económico;
  3. Reduzir as desigualdades.

Com a implementação deste referencial, a organização poderá melhorar o ambiente de trabalho, tornando-o mais seguro e saudável, prevenindo e reduzindo os acidentes, evitando as doenças profissionais, reduzindo os custos de seguros de trabalho, os dias de trabalho perdidos, incrementando políticas para trabalhadores mais motivados e mais conscientes do “papel” que estão a desempenhar e como este se reflete em cada um, na sua família e na sociedade.

Os ODS são uma oportunidade para as empresas melhorarem as suas ações, assim como implementarem novos projetos com o objetivo de contribuir para as metas nacionais e internacionais. A implementação de um Sistema de Gestão Integrado permite às empresas estarem um passo à frente na dinamização e cumprimento de objetivos de sustentabilidade, assentes numa estratégia de sustentabilidade ambiental, qualidade e saúde e segurança, para além de rácios financeiros tradicionais.

Ban Ki-moon, Secretário-geral das Nações Unidas à data do lançamento dos ODS referia “As empresas são um parceiro vital para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. As empresas podem contribuir através das suas atividades principais e instamos as empresas do mundo inteiro a avaliar os seus impactes, definir objetivos ambiciosos e comunicar os resultados de forma transparente.”.

Relativamente à questão inicialmente colocada, a resposta é simples… Empresas com mais qualidade, mais verdes e mais seguras são as que possuem referenciais integrados, que se assumem como o motor “acelerador” da economia. Já dizia Lavoisier “na Natureza, nada se perde, nada de ganha, tudo se transforma” e, está na hora da transformação!

A Pós-Graduação em Sistemas Integrados de Gestão, Qualidade, Ambiente e Segurança e Saúde no Trabalho, permite ao aluno adquirir competências para a implementação dos referenciais, aplicar as competências na sua empresa e torná-la mais sustentável a todos os níveis.

Dra. Ana Maia, Diretora de Qualidade do ISG e Coordenadora da Pós-Graduação em Sistemas Integrados de Gestão: Qualidade, Ambiente e Segurança, para a Link to Leaders

Outras Notícias

Termina participação na FORGES

A participação da Delegação do Grupo Ensinus na 12ª Conferência da FORGES chegou ao fim. O Grupo Ensinus parabeniza a FORGES por toda a organização da conferência em Cabo Verde.

ISG e Grupo Dom Pedro Hotels & Golf Collection

O Instituto Superior de Gestão e o Grupo Dom Pedro Hotels & Golf Collection celebraram um protocolo de colaboração de estágios, no âmbito da aproximação entre a oferta formativa, a produção de conhecimento e a inovação no processo de ensino aprendizagem, com...

Último dia da 12ª Conferência FORGES

Neste último dia da 12.ª Conferência FORGES, na Universidade de Cabo Verde, os trabalhos da Delegação do Grupo Ensinus continuam. Após a sessão paralela que encerra as apresentações de comunicações segue-se a Conferência de Encerramento subordinada ao tema UM ENSINO...

Dr. Martilene apresenta tema na 12ª Conferência FORGES

Esta tarde, foi a vez do Senhor Administrador Delegado do Grupo Ensinus para a Guiné-Bissau e Cabo Verde, Dr. Martilene dos Santos proferir a sua apresentação subordinada ao tema: “Desafios do Ensino Superior em África - A sustentabilidade do Ensino Superior na...

Dra. Teresa Damásio apresenta tema na 12ª Conferência da FORGES

A Senhora Administradora do Grupo Ensinus, Dra. Teresa do Rosário Damásio, proferiu ontem a sua apresentação subordinada ao tema: “Gestão, Liderança e Qualidade no Ensino Superior - Avaliação Comparativa de Políticas de Avaliação do Ensino Superior na Lusofonia”, na...

ISG na 12ª edição da FORGES

O Instituto Superior de Gestão estará presente na FORGES – Fórum de Gestão de Ensino Superior nos Países e Regiões de Língua Portuguesa, a decorrer entre 23 e 25 de novembro, em Cabo Verde. Em representação da nossa instituição está a Senhora Administradora do Grupo...

ISG no Internacional Tourism Congress 2022

O Instituto Superior de Gestão marcou presença no Internacional Tourism Congress (ITC2022), durante os dias 16 e 19 de novembro, subordinado ao lema: “Turismo – Retroceder/Avançar para a Sustentabilidade” e que este ano contou com a apresentação das conclusões finais...

×

Bem-vindo(a)!

Contacte-nos pelo WhatsApp

× 969844241