Dia Mundial das Competências dos Jovens | World Youth Skills Day

Dia Mundial das Competências dos Jovens | World Youth Skills Day

A Educação e a formação vocacional é uma excelente 1ª escolha para ajudar os jovens a seguirem carreiras de sucesso e entusiasmantes, bem como a alcançarem todo o seu potencial!
 
Vocational Education and training is a great 1st choice to help young people pursue successful and exciting careers and achieve their full potential!
LICENCIATURA EM GESTÃO DO ISG, ACREDITADA POR 6 ANOS

LICENCIATURA EM GESTÃO DO ISG, ACREDITADA POR 6 ANOS

No seguimento da análise do processo de avaliação/acreditação da Licenciatura em Gestão do ISG – Instituto Superior de Gestão, informamos que o Conselho de Administração da A3Es, comunica a deliberação final em termos de acreditação este ciclo de estudos por um período de 6 anos, contados a partir de 31 de Julho de 2018, após avaliação efetuada por uma Comissão de Avaliação Externa (CAE).

https://www.a3es.pt/pt/resultados-acreditacao/gestao-118

A Relevância da Perceção

A Relevância da Perceção

A educação tem por parte dos diferentes agentes perceções distintas. Da mesma forma que um cubo se pode transformar num quadrado e vice-versa, também há quem veja a educação como a mera transmissão de conhecimentos ou, ao invés, como a simples fixação de objetivos.

Por outro lado, pode, igualmente, ser percecionado que educar pelas competências é a metodologia que deverá ser seguida pela maioria das políticas públicas no domínio da educação aquando da elaboração dos Programas de Governo, onde são sistematizadas as metas a atingir em cada legislatura para o sistema educativo no seu todo.

As perceções quer dos atores públicos, dos diferentes stakeholders e dos membros da comunidade educativa devem estar em sintonia com aquilo que a sociedade civil espera das instituições de ensino a curto, médio e longo prazo.

As alterações introduzidas com a publicação da legislação referente ao calendário escolar [1] para o próximo ano letivo “- Despacho n.º 6020-A/2018 – Diário da República n.º 116/2018, 1.º Suplemento, Série II de 2018-06-19 – Determina a aprovação dos calendários, para o ano letivo de 2018-2019, dos estabelecimentos públicos de educação pré-escolar e dos ensinos básico e secundário, dos estabelecimentos particulares de ensino especial, bem como o calendário de provas e exames dos ensinos básico e secundário” mostra que o legislador foi feliz ao percecionar que nas escolas o trabalho que foi iniciado “… em regime de experiência pedagógica, a implementação do projeto de autonomia e flexibilidade curricular dos ensinos básico e secundário, no ano escolar de 2017-2018, com o Projeto da Autonomia e Flexibilidade Curricular através do Despacho n.º 5908/2017, de 5 de julho” [2] merecia por parte de todas e de todos o aprofundamento da transformativa educativa que se vinha fazendo no nosso país em linha com o “Decreto-Lei n.º 55/2018, de 6 de julho, que define os princípios de organização do currículo dos ensinos básico e secundário, bem como o Decreto-Lei n.º 54/2018, de 6 de julho, que estabelece o regime jurídico da Educação Inclusiva [3]”.

A possibilidade dada às escolas de, entre outras mudanças, organizarem o ano letivo por semestre aproximando o ensino não superior do ensino superior e consolidando a flexibilidade das aprendizagens com o objetivo de potenciar projetos educativos centrados nos alunos. Através da perceção da melhor forma para adquirem competências e consolidarem os conhecimentos, os membros da comunidade educativa foram assimilando todas as mudanças e criando a convicção de que as transformações eram efetivamente benéficas para todas e para todos.

Educar pelas competências deve ser, como referi no início, o lema de todo e qualquer sistema educativo que promove o sucesso educativo.

[1] https://www.dgeste.mec.pt/index.php/calendario-escolar-20182019/
[2] https://www.dge.mec.pt/autonomia-e-flexibilidade-curricular
[3] https://www.dge.mec.pt/noticias/abertura-do-site-autonomia-e-flexibilidade-curricular

Teresa Do Rosário Damásio, Administradora do Grupo Ensinus, para o Link To Leaders

OPORTUNIDADE: O ISG promove uma vaga para um estágio na área de Gestão de Recursos Humanos – High Skills

OPORTUNIDADE: O ISG promove uma vaga para um estágio na área de Gestão de Recursos Humanos – High Skills

O ISG promove uma vaga para um estágio na área de Gestão de Recursos Humanos – High Skills

Contrato de Trabalho para Candidatos com experiência:

A High Skills encontra-se a recrutar um Assistente de Formação com o seguinte perfil:

Requisitos:
• Habilitações mínimas ao nível de Licenciatura;
• Experiência na constituição e organização de dossiers técnico pedagógicos;
• Conhecimentos da plataforma SIGO
• Conhecimentos informáticos na óptica do utilizador
• Conhecimento dos processos Certificação/ Manutenção DGERT
• Conhecimentos da legislação aplicável no âmbito da formação profissional
• Capacidade de trabalho em equipa;
• Iniciativa, criatividade e sentido de responsabilidade;
• Capacidade de organização, de comunicação e de orientação para o cliente.
• Disponibilidade imediata.

Principais Responsabilidades:
• Apoio à coordenação pedagógica e à área comercial;
• Organização dos dossiers técnico-pedagógicos;
• Organização do arquivo de formação;
• Apoio no recrutamento e seleção de formadores;
• Apoio na divulgação de ações de formação nas redes sociais.

Condições:
– Contrato de Trabalho e vencimento de acordo com a experiência demonstrada.

Envie o seu curriculum vitae e certificado de habilitações para geral@highskills.pt no assunto coloque a seguinte referência: Assistente de Formação.

Divi WordPress Theme
WhatsApp 969844241